Ferramentas para mensurar os resultados do marketing digital

Você já deve saber que o marketing digital é fundamental para as empresas terem mais visibilidade e se relacionarem com os clientes.

No entanto, não basta ter essa oportunidade de aproximação, é fundamental também saber como fazer mensuração de resultados para criar campanhas mais efetivas e de qualidade. 

Quando falamos sobre mensuração de resultados, estamos nos referindo à ação de verificar quais metas foram alcançadas na campanha e fazer uma análise mais detalhada dos resultados, identificando o que pode ser melhorado e como estão ocorrendo os investimentos.

Um exemplo de objetivo que pode ser traçado e obtido no marketing digital é aumentar o número de seguidores no Instagram e para isso é possível avaliar se os conteúdos e publicidades estão sendo efetivos para ampliar o alcance e angariar os seguidores.

Ao final da campanha, é importante verificar quantos seguidores sua página ganhou, qual foi o percentual disso, quanto a empresa investiu para ganhar aquela quantidade de seguidores e se isso foi vantajoso, dentre outras ações. 

Por isso, neste artigo abordaremos mais a fundo sobre como mensurar os resultados no marketing digital e quais as vantagens disso para ter resultados positivos em suas campanhas. 

Principais métricas do marketing digital 

Antes de falarmos sobre as métricas, é essencial explicar o porquê é importante investir em marketing digital. 

Desde sua criação, o marketing trabalha essencialmente com a venda e a publicidade de produtos, bem como toda a parte estratégica dessas campanhas.

Mas, ao longo do seu desenvolvimento, o marketing amadureceu alguns detalhes que envolvem a necessidade de envolver o cliente, assim como fidelizar e manter o cliente ligado ao seu negócio. 

Na era das mídias digitais e da alta conectividade em rede, as empresas entenderam a necessidade de investir de forma ainda mais expressiva.

Assim, viu-se necessário “criar” um marketing na área digital, investindo em campanhas do segmento online, com as particularidades que essa rede tem, principalmente devido ao maior potencial de análise dessas campanhas na rede, otimizando os investimentos.

Isso é fundamental para que as empresas sejam vistas e reconhecidas no mercado, aumentando sua credibilidade e o número de clientes, bem como aproximando-a dessa audiência.

mensurar os resultados do marketing digital
Marketing Digital – Negócio foto criado por snowing – br.freepik.com

Como a concorrência é cada vez maior, é necessário entender que o cliente tem jornadas de compras diferentes, ou seja, pode ser que ele tenha muito interesse em seu negócio ou somente esteja dando uma “ohadinha”, bem como verificar formas de converter ambos os usuários para se manter competitiva. 

Por isso, existem algumas métricas importantes por auxiliar na compreensão do público que acessa suas redes. 

Para sabermos como mensurar os resultados do Marketing Digital, é fundamental conhecer as principais métricas que envolvem o segmento. 

Por isso, listamos a seguir 10 tipos de métricas que são importantes para o seu conhecimento e pleno desenvolvimento da marca. São elas:

  • ROI (retorno sobre investimento);
  • CAC (custo de aquisição do cliente);
  • LTV (lifetime value);
  • Taxa de conversão;
  • Tempo investido no site;
  • Ticket médio;
  • Taxa de abertura;
  • Taxa dos cliques;
  • CLP (custo por lead);
  • CPC (custo por clique).

Contudo, não basta apenas conhecer essas categorias de métricas, é preciso compreender o que cada uma representa para que sejam aplicadas com qualidade no negócio. Confira a seguir o significado e uso de cada uma delas.

Afinal, o que cada uma dessas siglas/métricas representa?

Primeiramente, falaremos mais sobre o Retorno sobre o Investimento, que também é conhecido como ROI. 

Esse tipo de retorno tem a ver com o investimento realizado em ações da área de marketing para compreender se os resultados foram otimizados, com relação ao orçamento despendido. 

Ou seja, o objetivo é mostrar qual foi o retorno do investimento realizado pela empresa a partir de cada cliente adquirido por meio da campanha. 

No caso da CAC, estamos falando do custo de aquisição do cliente, que é voltado para delimitar o quanto cada empresa gastou para a conquista desse usuário, considerando toda a jornada de compra.

Já o LTV lida com a receita que foi gerada pelo cliente dentro de um determinado tempo, geralmente considera o primeiro contato até uma “quebra de contrato”, por exemplo, e é bastante utilizado nos setores de serviço. 

Inclusive, isso tem a ver com a ideia de manter uma fidelização do cliente em relação ao seu negócio. 

Tal mensuração é importante para que a empresa entenda que o processo de compra não é finalizado somente na venda, mas demanda uma relação duradoura, até para o investimento se valer, tendo sucesso a longo prazo.

No caso da métrica que lida com o Ticket médio, é possível perceber qual é o tipo de valor que os clientes gastam a partir de um determinado produto ou tipo de relacionamento, conforme o desejo da marca para compreender o comportamento do consumidor.

Além dessas métricas é possível verificar também qual foi o tempo que seu cliente investiu no site, ou seja, quantas horas/minutos, ele acessou o seu site e com quais páginas ele mais interagiu.

É possível ver também se o cliente fica somente na página inicial ou se nesse processo de visita ele navega em outras páginas. 

Isso tem a ver com a taxa dos cliques, ou seja, quantos clientes clicaram no material que foi enviado em um email marketing ou até mesmo via whatsapp, ou mesmo dentro do site, quais são as áreas de maior interesse e quais produtos se destacam. 

Neste aspecto, vale a pena citarmos sobre a taxa de conversão, que é quando os leads (que são clientes em potencial) de fato, tornam-se clientes e realizam ações com seu negócio/em seu site. 

Essa ação pode variar desde a compra de um produto até um download de material da sua empresa. 

Por fim, vale a pena falarmos sobre a importância do CPC, que é o custo por clique, assim como o CLP, que é o custo para a nutrição de um lead. 

No caso do custo por clique, pode-se definir como a avaliação em que a empresa paga para que o cliente acesse seu site ou atue nas redes sociais e, neste caso, avalia-se qual foi o valor despendido para que se alcançasse aquele usuário e qual foi o real resultado.

Por fim, o CLP, ou custo por lead, consiste no valor investido para nutrir um cliente em potencial, ou seja, na relação a longo prazo e na criação de materiais de qualidade para fortalecer a confiança do usuário e poder converter a venda. 

Ferramentas que podem te ajudar a mensurar!

Agora que você já viu algumas métricas que são importantes para o setor do marketing digital, é essencial conhecer as ferramentas que serão utilizadas para ajudar na mensuração dos resultados. 

Primeiro, falaremos sobre como anunciar no Google Ads, juntamente com a ferramenta do Google Analytics. 

Quando falamos sobre o Google Analytics, nos referimos a uma plataforma que contribui para analisar um site, identificando dados relacionados ao seu tráfego. 

Ou seja, a plataforma avalia a performance de um site, assim como qual é o comportamento do cliente na página, bem como até chegar a ela. Com isso, é possível visualizar:

  • As visualizações de sua página;
  • Quais foram as visitas;
  • Os dados demográficos de quem visitou;
  • Os dados geográficos de quem visitou;
  • As taxas de rejeição do seu negócio.

Isso é essencial para que o empreendedor que anuncia no Google Ads saiba qual foi o desempenho de sua campanha, assim como consiga direcionar suas ações a partir do interesse e do seu tipo de público. 

O Google Ads é uma ferramenta muito interessante para quem tem um site ou redes sociais, porque diz respeito a uma estratégia de anúncios no Google, com o objetivo de melhorar o ranqueamento e ter mais visualizações em uma página. 

Para isso, a empresa pode criar uma campanha mais específica, considerando o público a ser atingido, bem como realizar o monitoramento a partir de metas definidas.

Essas metas são voltadas para as intenções da empresa ao criar determinada campanha.

O valor do orçamento e o tempo de duração da campanha também são delimitados no momento da criação. 

Ferramentas de análise nas redes sociais

Tão importante quanto investir nos mecanismos de busca, outras plataformas que demandam atenção e investimento – bem como a compreensão das métricas – são as redes sociais.

Nesse contexto, é fundamental entender como funciona o Facebook Ads, assim como o Facebook Insights. 

O facebook é uma rede social muito utilizada para a interação entre as pessoas, empresas e proporciona a criação de comunidades, assim como troca de conhecimento e informações. 

Por isso, muitas empresas possuem uma conta criada nessa plataforma e realizam publicações e postagens de conteúdo. 

Para verificar o desempenho de cada postagem, o Facebook Insights é essencial, pois traz informações sobre:

  • O sexo de quem acessou;
  • Qual tela utilizou;
  • Qual a região em que acessou;
  • Qual é a faixa etária;
  • Quantas curtidas a postagem teve;
  • Quantos compartilhamentos a publicação teve;
  • Qual melhor horário para postagem;
  • Qual tipo de conteúdo melhor performa;
  • Em que dia a publicação teve maior acesso.

Ou seja, traz um importante parâmetro acerca da produção, fazendo com que o administrador da página entenda as preferências do seu público e adapte os próximos materiais, se assim for necessário. 

Mais ainda, esse conhecimento contribui para que o anúncio realizado no Facebook Ads ou no Instagram Ads seja muito mais direcionado, visto que o Insights também possibilita uma melhor análise nas ferramentas. 

Já que o Facebook Ads e o Instagram Ads são ferramentas de anúncios nas redes sociais, o Instagram também precisa ser abordado e, apesar de também ser gerenciado pelo insights do Facebook, ele tem uma ferramenta dedicada para a mensuração dos resultados.

Assim, como ocorre no Facebook, no instagram é possível verificar as métricas e desempenho de uma campanha, considerando visualizações, acessos e interações.

Deste modo, entende-se melhor o comportamento e preferência da audiência em relação ao conteúdo.

Conteúdos, uso de palavras-chave e suas métricas

Já que ter um bom conteúdo, com relevância para o público é fundamental, precisamos conhecer a importância do Social Ads, assim como da escolha das palavras-chave corretas, a partir do Google Adwords. 

Se você realizar um anúncio no Google Ads é possível obter relatórios sobre o desempenho de suas campanhas.

Isso contribui para um bom mapeamento sobre seu anúncio. 

Outro ponto importante é a escolha das palavras-chave corretas, considerando o comportamento do público e os termos mais usados e que se relacionam com sua área de atuação.

Assim, cria-se materiais mais adequados para a necessidade desse público e possibilita um maior acesso, já que o usuário tem uma forma específica de fazer buscas na internet. 

Por isso, o Google Adwords permite uma verificação ampliada de quais são as principais palavras consultadas pelos clientes a partir de um determinado tema. 

Considerações finais

Por fim, é preciso lembrar que – principalmente – no meio digital, sua campanha precisa ter metas bem traçadas e ações bem aparadas para atingir esses objetivos. 

Assim, se ao longo do caminho sua empresa não obter o resultado esperado, é possível pausar a campanha e fazer ajustes, de acordo com suas preferências e necessidades.

Neste aspecto, o que importa para sua empresa é contar com o investimento em marketing digital e criar estratégias de atração do cliente, fidelizando-os, e permitindo que seu negócio tenha sucesso e um bom crescimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.