Cidades brasileiras para conhecer mais sobre a cultura alemã

Boa parte dos brasileiros sonha em conhecer a Europa, com seus costumes, tradições e cultura extremamente forte, que encantam a todos os visitantes. Contudo, não é preciso ir muito longe para conhecer melhor esses países. No início do século XIX, logo após a independência do Brasil, o Império promoveu um processo imigratório a fim de povoar a região Sul, visto que somente os brasileiros sozinhos não conseguiam tomar conta das terras nacionais. Sendo assim, imigrantes alemães começaram a chegar por aqui, sendo que depois de um tempo se espalharam por todo o Brasil. Portanto, se você quer conhecer mais sobre a cultura alemã, confira nossa lista de cidades brasileiras que mantêm seus costumes até hoje.

  1. Rio do Sul, Santa Catarina

Localizada no Vale do Itajaí, também chamado de Vale Europeu, a cidade de Rio do Sul é um verdadeiro charme, composta por diversas belezas naturais, como cachoeiras, rios e montanhas que podem ser exploradas a pé ou de bicicleta. Mas, além disso, a cidade ainda é referência em economia, sendo um polo muito importante da região. Justamente por esse conjunto de desenvolvimento, belezas naturais e cultura forte, muitos decidem procurar uma imobiliária em Rio do Sul a fim de instalar-se de vez no município.

Além de poder praticar diferentes esportes radicais pela cidade, ela também preserva suas tradições, sendo fortemente influenciada pelas culturas alemã e italiana. Inclusive, ela é responsável por sediar uma das mais importantes festas germânicas do estado, a Kegelfest, realizada todos os anos em setembro.

  1. Nova Petrópolis, Rio Grande do Sul

Quando os imigrantes germânicos chegaram na cidade, não existiam escolas para as crianças. Sendo assim, os próprios alemães criaram os centros educacionais, ensinando sobre a cultura e língua alemã. Como consequência, até os dias de hoje o município de Nova Petrópolis resguarda suas tradições. Um bom exemplo é o Parque Aldeia do Imigrante. Ele foi construído na década de 70 e suas construções são em estilo enxaimel (tradicionalmente alemã), sendo composto pela Aldeia Bávara onde é possível encontrar lojas de artesanato e produtos coloniais. Além disso, também possui um salão de baile, lojas de malha e cervejarias artesanais, que servem chopp e cerveja típicas alemãs.

  1. Domingos Martins, Espírito Santo

Ao contrário do que se pensa, o estado do Espírito Santo não é feito somente de belas praias e forte cultura brasileira. Fugindo um pouco do sol quente do litoral capixaba, localizada na região serrada, está a cidade de Domingos Martins, colonizada por alemães e italianos, extremamente charmosa e aconchegante. Até os dias de hoje, o município preserva a cultura europeia em sua gastronomia, arquitetura e festas típicas. Além disso, aqui você pode ter maior contato com a natureza, conhecendo o cartão-postal da cidade, a chamada Pedra Azul, assim como outras belezas como cachoeiras, trilhas, piscinas naturais, lugares para praticar esportes radicais, etc.

  1. Blumenau, Santa Catarina

É claro que a cidade responsável por sediar a maior festa alemã fora da Alemanha não poderia ficar de fora de nossa lista, sendo famosa também por sua gastronomia e arquitetura típicas germânicas. Sede da fábrica do famoso Chopp Eisenbahn, como falamos, ela também recebe o maior festival alemão, que acontece todos os anos em outubro na Vila Germânica. O local fica aberto todo ano, sendo possível encontrar lojas típicas, assim como cervejas artesanais e restaurantes que servem pratos tradicionais como o joelho e costeleta de porco e o marreco recheado com purê de maçã.

  1. Pomerode, Santa Catarina

Conhecida como a cidade mais alemã do Brasil, Pomerode recebeu um grande fluxo de imigrantes germânicos, preservando as tradições e cultura de seus colonizadores até os dias atuais. Inclusive, existem bancas que tocam marchas típicas, corais interpretando músicas alemãs, grupos folclóricos com trajes e coreografias, etc. Em janeiro ocorre a famosa Festa Pomerana, com apresentações de danças, bandas tradicionais e gastronomia típica para reforçar ainda mais a cultura.

  1. Brusque, Santa Catarina

Brusque é um importante polo têxtil e turístico de Santa Catarina, sendo sede da Fenarreco, uma festa típica alemã muito conhecida no estado catarinense. Um dos principais atrativos com certeza é um prato queridinho entre os descendentes do Vale do Itajaí, o “Ente mit Rotkohl”, que nada mais é do que um marreco recheado com repolho roxo. Além disso, assim como a Oktoberfest, essa festa também conta com brincadeiras tradicionais da cultura germânica, como o chope em metro e o serra-serrador. Por fim, tudo isso acompanhado de um chope bem geladinho e tradicional.

Então, agora que você sabe onde estão as cidades mais alemãs do Brasil, já pode escolher qual será seu próximo destino. Provavelmente você percebeu que boa parte delas está localizada em Santa Catarina. Então, que tal criar um roteiro para conhecer diferentes cidades em uma viagem só? Dessa forma, você poderá observar a cultura alemã de diferentes perspectivas e ter uma experiência ainda melhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.