Dicas de saúde para seu gato

Os gatos (mesmo os domésticos) são animais super independentes.

Por isso, para garantir a saúde e o seu bem estar, são necessários cuidados simples que vão ajudar no dia a dia do seu bichano.

Por isso preparamos este artigo com tudo sobre gatos!

Saiba tudo sobre os gatos filhotes

Quem não ama um filhotinho? Os gatos são lindos a vida inteira, mas a fofura de um filhote é inigualável.

Os cuidados com os pets quando novinhos são um pouco diferente do que o dia a dia de um gato adulto.

Por exemplo, eles precisam se alimentar mais vezes, para evitar uma hipoglicemia.

Como eles gastam mais energia, precisam também repor comendo mais vezes. Após o desmame (entre 2 meses de vida) o ideal é oferecer ração para filhote.

Detalhe: nunca ofereça leite de vaca, comida ou ração de gatos adultos ao seu filhotinho.

Fora isso, seu único cuidado especial é com uma caixa de areia com as laterais baixas para facilitar o acesso.

Ofereça brinquedos, um arranhador e uma caminha bem confortável. E claro, fique atendo às vacinações, vermífugos e antipulgas.

Manter seu gatinho relaxado, saudável e feliz vai refletir diretamente em sua saúde e bem estar.

saúde para seu gato
Foto de Ihsan Adityawarman no Pexels

Seu gato vai precisar de um veterinário

As consultas ao veterinário devem ser constantes, com intervalos de no máximo um ano. Assim, o veterinário pode manter as vacinas em dia e avaliar o estado de saúde geral do seu bichinho.

Manter ele imunizado é sempre muito importante. As vacinas V3, V4, e V5 protegem contra panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte e outras doenças graves, fora a vacina de raiva, que pode inclusive levar seu pet à morte.

Essas aplicações são fundamentais para manter seu gato saudável.

Mantenha também o vermífugo em dia, mesmo que seu pet não saia de casa.

O mesmo serve para o antipulgas. Assim o bichano fica livre de coceiras e parasitas.

Gatos tomam leite?

Nunca ofereça leite ou alimentos humanos para o seu gato. A alimentação do felino se baseia em ração seca, saches e aquelas latinhas de alimentação úmida.

A lactose não é bem digerida pelos gatos e oferecer leite ao seu animalzinho vai acabar causando dores, vômitos e diarreia no gatinho.

Troque o bebedouro por uma fonte

Uma fonte de água é uma forma de manter seu gatinho bem hidratado. A hidratação é fundamental para qualquer animal de estimação, pois muitos tem dificuldade em consumir nos potinhos convencionais.

A água em movimento estimula os instintos felinos e a fonte acaba atraindo a atenção do gato e acaba estimulando a hidratação, muito importante para evitar doenças renais ou do trato urinário do bichano.

Higiene e comportamento do Gato

Os gatos são animais limpos, por isso a rotina de higiene deve ser sempre observada. Manter a caixa de areia limpinha é importante para os hábitos do animal.

O tamanho deve ser adequado para a idade do animal e estar sempre limpa, sem fezes e urina. O recomendado é lavar a cada dois dias.

O banho é outro ponto importante. Eles não gostam muito, mas acabam fazendo o “banho de gato” com as lambidas.

Ajude o bichinho promovendo uma escovação a cada dois dias, assim além de deixar a pelagem mais bonita, você evita bolas de pelos.

Acostume seu gato desde filhote a tomar banho em casa ou no pet shop.

segurança de animais
Foto de Aleksandr Nadyojin no Pexels

Segurança é fundamental

Se você não quer seu gatinho na rua, sujeito a doenças, maus tratos, brigas e até mesmo o risco de atropelamento, o ideal é manter o bichinho em segurança em casa.

Por isso, as redes de proteção podem ser uma solução eficaz.

Os gatos podem até cair mesmo sempre em pé (dizem), mas, dependendo da altura isso não vai fazer diferença e com certeza ele vai se machucar.

Então, telar as janelas, varandas e outras aberturas é importante para manter a integridade física do seu gatinho.

A atenção deve ser com TODOS os espaços. escadas ou até mesmo as janelinhas de banheiro podem ser uma rota de fuga do seu gatinho.

E não pense que esses cuidados são apenas para apartamentos ou sobrados. Mesmo em casas térreas, evitar a fuga do seu gato é garantir a segurança dele.

E se você passou por tudo isso e está curtindo a vida ao lado do seu gatinho, por que não adotar mais um bichano?

Ter dois ou mais gatinhos é muito legal para quem passa muito tempo fora, já que os gatos são tranquilos e adoram companhia.

Então um vai ajudar o outro e você vai ficar com menos peso na consciência por deixar os bichinhos sozinhos o dia todo.

Preste atenção na adaptação, que deve ser lenta e com supervisão constante.

A dica aqui é o uso de feromônios e catnip que ajudam a relaxar seu bichinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.